14 julho 2008

Policia = ?

Realmente é lamentável a situação da segurança em nosso país. O símbolo de proteção, hoje, é símbolo da desconfiança. Casos como o do menino João Roberto, morto pela policia em uma operação militar, ou o caso do rapaz Daniel Duque, morto covardemente por um policial, que estava fazendo a segurança particular do filho de uma promotora envolvida na prisão do traficante Fernandinho Beira-Mar, estão ficando frequentes, causando um certo tipo de insegurança na população em relação a policia.

O menino João Roberto.


Esses dois casos nem foram solucionados ainda, e já apareceu mais um crime com suspeita do envolvimento de policiais. O carro da engenheira Patrícia Amieiro, desaparecida desde o dia 14 de junho, foi encontrado sem a moça, danificado, e com marcas de balas disparadas por revólveres iguais aos usados pela policia.

A engenheira Patrícia Amieiro

O que realmente me deixa com um grande espanto, é o fato de alguns ícones da televisão utilizarem casos desses somente para terem ibope ou outro tipo de retorno. Em uma dessas manhãs, no programa “Mais Você” apresentado por Ana Maria Braga, a mãe e o pai do menino João Roberto, citado no início do texto, estavam no programa. O resultado era previsível. A família emocionada, deu seu depoimento no programa, sobre a sensação de perderem um filho da maneira que perderam. Mas a pergunta é a seguinte: por que a família foi no “Mais Você”? Esse tipo de programa é o adequado pra esse tipo de situação?Ou será que a tragédia alheia, mais uma vez, foi usada como interesse para o público?Eu acredito que a grande parte de imprensa brasileira, procura o próximo “Caso Nardoni” para poder tirar disso algum tipo de proveito.


Os pais do menino João Roberto no programa "Mais Você", apresentado pela Ana Maria Braga.

Só espero que todos esses casos sejam resolvidos , colocando os culpados atrás das grades. Caso isso não ocorra, a tragédia será algo comum na vida da população, e vai virar motivo de renda para alguns meios de comunicação.

Nos vemos em breve.

João Paulo Cunha Do Vale

16 comentários:

Ruleandson do Carmo disse...

Eu acho que a Ana Maria é um programa mais familiar e talvez por isso a mãe tenho falado com ela, jornalista formada, apesar de poucos saberem disso. Infelizmente, é papel da mídia divulgar essas tragédias, cobrar soluções e denunciar abusos. Há formas mais dignas de se fazer isso, claro, mas é sim o papel da mídia fazê-lo.

José disse...

capitalismo,
nos empurram guela abaixo tudo que lhes convém, pois afinal, eles também tem que comer.

luiz felipe disse...

Por estas e outras procuro assistir cada vez menos televisão. Agente como espectador se revolta com cada caso, e quem realmente deveria se preocupar, não faz nada.

Priscila disse...

Bem,a verdade é que a tragédia já faz parte do nosso cotidiano, infelizmente,porque antes desses casos citados já houveram vários outros que nunca foram solucionados,e já tornou a população descrente da nossa justiça ou polícia!
São fatos como esse que em alguns momentos me fazem ou ter vontade de um dia se possível ir morar fora do Brasil,ou mudar pro interior,hehehe...
Mas o mais foda desses casos exemplificados pelo programa da Ana Maria Braga,em que eles exploram a tragédia alheia pra conseguir ibope eu acho que nem são exatamente os programas,e sim as pessoas que assistem!Porque vc sabe que eles deitam e rolam na desgraça alheia porque sabem que vai ter alguém do outro lado da TV que vai ficar lá vendo...
Que nem o "caso Nardoni",por um tempo eu fui até acompanhando algumas notícias em jornais,mas chegou um momento que eu não aguentava mais ouvir falar disso, principalmente quando estava assistindo um programa e o apresentador falava "obrigado por sua audiência...e bla bla bla,em breve retornaremos com mais notícias exclusivas...",o que deixa claro que só se preocupam com audiência,e não em informar a população de alguma coisa.
É por isso que eu sou tão "viciada" no meu computador, kkkkkk...nele eu só leio o que eu quero,quando eu quero,não tenho muito saco pra ficar assistindo TV.

Dryka disse...

triste demais estes casos...nuh..

mas é bem simples pegar só as partes toscas da polícia..
quando ela te protege, faz coisas boas, campanhas e tudo mais.. não é mencionado..
mas eh mt mais facil falar mal.

hehehe

Priscila disse...

Ah é,lembrei de outra coisa também...
De um tempo pra cá esse programinha da Ana Maria Braga se dedica em falsamente passar a imagem de que quer tornar a vida das pessoas melhor,com essas frases e mensagens de "auto-ajuda" que ela jura estar declamando, kkkkk.
Pra mim,essa mulher e esse programa inútil dela não têm mais nada pra oferecer,mostrar ou "informar" as pessoas,e como ela tem que garantir o "emprego" dela,ficam insistindo em encher linguiça com essa porcaria no ar, kkkkkkk.

Lost disse...

é sim papel da mídia divulgar, mas explorar o sentimento e a dor é fato deplorável e meree nossa total desaprovação. Há meios mais eficazes de se divulgar o que acontece, do que os que são utilizados pelos veiculos de informação.

Anônimo disse...

como sempre a midia se aproveita desses casos para ganhar audiência.Acho q se deve sim divulgar notícias como essa, pois é o dia a dia do Brasil, mas não da forma que certas emissoras se aproveitam disso.
Fazer o que ne, rídiculo isso pra mim.

Julia disse...

É sempre assim, a mídia controlando e encobrindo tudo também!
Mas é bem chato ver que morre gente todo dia pela polícia, toda hora e em todo lugar, e pelo " simples " fato da pessoa não ser de classe média ou melhor, passa batido... Porque hoje em dia nem policial nem a mídia está muito interessado em se preocupar com " pé rapado " não, nunca esteve na verdade.
Mas é assim, o tempo inteiro! e a nós assistimos de camarote esparramados no sofá, indignados, mas estáticos.

TumaTe disse...

moralismo, venda de imagem, tudo faz parte do cotidiano hoje, o programa da Ana Maria virou palco de fofocas, ficam cogitando possibilidades e não se faz nada, lamentável.

LaDoLL disse...

Não é querendo defender... mas não concordo com o que a priscila disse...desde que existe o "Mais Você" a Ana Maria Braga sempre "declama" textos e frases até que legais...
e concordo comm o ruleanson... a notícia tem q ser dada mesmo... o problema é q a tv deixa isso podre, é fato.

Qnt ao despreparo dos policiais...
Qnd o governo passar a dar salários descentes aos mesmos... e acima de tudo PREPARAÇÃO, pode ter crtz que fatos assim não serão mais frequentes e acredito que até casos de suborno seriam... digamos... reduzidos.

é isso x)

planeta_sos disse...

Porra, dá até vergonha de ter uma "polícia" dessa em nosso país.
Justiça, uma palavra que parece não existir mais nos dicionários (vocabulário) de "certas" pessoas.

Pra solucionar casos, como o roubo dos quadros da Pinacoteca, isso eles resolvem em uma semana, já casos como esses, estão parados a meses.
Uma vergonha, infelizmente.

pomba disse...

Não custa questionar mais uma vez a situação, mesmo que isso não adiante como deveria. Ainda assim, é uma atitude. Não é?
:)

Até mais ver!

Tadeu disse...

Mais uma vez ficamos a mercê do sistema que não funciona para nós.As pessoas hoje em dia só estão preocupadas em benefício próprio e a mídia mais do que outro meio de comunicação sempre tira proveito disso nós sabemos que o íbope para um programa é importante,só que o geito como é feito é errado más como sempre ´´é empurrado guela abaixo´´como disse o José´,e nós como meros peões da sociaedade vemos as coisas acontecerem e não fazemos nada porquê o sistema tira proveito de tudo e não nos da liberdade para colocarmos nossas opiniões em prática.Afinal nosso país é desordem e regresso caros amigos.

Gaby disse...

A situação no nossa país esta ficando cada vez pior.
Não sabemos em quem podemos confiar, o medo esta se tornando cada vez maior.
Parece nunca ter solução!
O fato do caso de João Roberto ser exibido no programa da Ana, acho até bom. Pois é um programa bem familiar. Creio que a noticia tem que ser dada de uma forma ou outra.
Sei que a imprensa as vezes exagera, até mesmo causando um certo incomodo aos familiares!
Mas acho que deve ser mostrada e sempre...não deixar esquecer até que tenha JUSTIÇA!

clayton disse...

cara, acredito que a mídia usa dessas tragédias pra alcançar ibope, e geralmente são tragéidas ocorridas com pessoas de classe média/alta... me responda? quantas crianças não são assassinadas todos os dias na periferia do Brasil?? dezenas cara... e ninguem fala nada, ou quase ninguem... não vejo a policia como um sistema eficaz de segurança nem tão pouco vejo a mídia atual como um espelho do que acontece no mundo!!