26 agosto 2008

Olímpiadas 2008 - Pequim

No domingo, dia 25 de agosto, os jogos olímpicos de Pequim, chegaram ao fim. Com uma bela cerimônia, a olimpíada de 2008, foi marcada por vários fatos. Tivemos um baixo desempenho do Brasil em algumas modalidades, e polêmica até na abertura dos jogos.

A Abertura Dos Jogos Olímpicos.

No dia 8 de agosto, teve início os jogos olímpicos de Pequim. Com uma bela cerimônia, realizada no Estádio Olímpico Ninho De Passaro, a abertura contou com bastante tecnologia e inovação, mas teve três pontos curiosos.

Lin Miaoke, a menina que cantou "Ode à Pátria" na abertura, não cantou realmente. A voz ouvida por milhares de pessoas no estádio, era de outra pessoa. A voz pertencia a Yang Peiyi, garota dotada do talento vocal, porém, segundo os organizadores do evento, ela não tinha beleza suficiente para aparecer na abertura, devido o alinhamento irregular dos seus dentes. Então escolheram a melhor atriz, e a melhor cantora.

Na esq. Lin Miaoke, e na dir. Yang Peiyi.


Alguém conhece aquela tela azul do windows, que aparece quando o computador está iniciando, dizendo que será necessário reiniciá-lo? Pois é, essa famosa tela também deu as caras na cerimônia. A tela apareceu em tamanho família nos momentos finais da cerimônia de abertura, quando o ginasta chinês Li Ning, ficou suspenso a 70 metros do solo por um cabo,e ia em direção a pira olímpica para acendê-la.

Os contras da modernidade.


E o comitê de organização da abertura, confessou que quem assistiu a abertura pela TV, assitiu em algumas partes, cenas previamente gravadas e feitas no computador. Segundo os organizadores, isso foi feito para que se ocorresse um mau tempo no dia, isso não prejudicasse a imagem. Isso sim é um pró da modernidade.

O Desempenho do Brasil.

Comparando com o desempenho no ano de 2004, onde o Brasil ficou em 16º lugar,o país poderia ter ficado em melhor posição no ano de 2008. Nas olimpíadas em Atenas (2004), o Brasil conquistou 5 medalhas de ouro, 2 de prata, e 3 de bronze. O ranking é feito pelo número de medalhas de ouro, e não o número de medalhas em geral. Neste ano, tivemos um número maior de medalhas do que na edição anterior, porém, um numero inferior de medalhas de ouro. O Brasil ganhou 3 medalhas de ouro, 4 de prata, e 8 de bronze, ficando assim na 23º posição. Em modalidades onde o país tinha grandes possibilidades de ganhar a medalha de ouro, como futebol (masculino e feminino), basquete (masculino e feminino), volei masculino, e em algumas outras modalidades, o desempenho foi muito abaixo do esperado.

O Ouro mais bronze que já vi.


No caso do futebol feminino e do volei masculino (ambos ganharam prata), o que vimos foi um exemplo de dedicação e patriotísmo. As brasileiras do futebol, perderam a final para os EUA, por 1x0, gol feito pelas americanas no primeiro tempo de prorrogação. E os brasileiros do volei perderam a final também para os EUA, por 3 sets a 1. Em ambas as modalidades os atletas correram, suaram, e lutaram pela vitória. Com a derrota choraram pela luta mal sucedida, mas com o sentimento de que pelo menos lutaram pela medalha dourada. Já no futebol masculino,na modalidade em que talvez tivessemos mais chance de ganhar a medalha de ouro, fomos humilhados pelo nosso maior rival, a Argentina, sendo goleados na semi-final por 3x0. É impressionante que com salários astronômicos, 5 títulos de Copa do Mundo, e de possuirmos um dos melhores futebol do mundo, o Brasil não consiga ganhar uma medalha de ouro! Se com todos esses fatores do nosso lado, Deus sabe o que mais pode incentivar esses jogadores. É claro que temos que lembrar quem fez bonito também. A saltadora Maureen Maggi, é um exemplo de superação. Em 2004, após ser flagrada no exame anti-doping, a atleta teve que cumprir dois anos de suspensão, voltando a treinar em 2006. Conquistou a medalha de ouro nos jogos pan-americanos no Rio De Janeiro em 2007. Em 2008 foi apontada como favorita na modalidade, confirmando esse favoritismo vencendo a competição. O nadador Cézar Cielo, conseguiu trazer duas medalhas,uma de ouro,e uma de bronze. Agora, o nadador é sensação no nosso país, que chama isso de "Cielomania".

O choro do campeão.


E é claro o volei feminino. As meninas do Brasil, grandes favoritas no volei, eliminaram nas semi-finais as donas da casa, vencendo a China por 3 sets a 1. Tivemos a primeira medalha no Tae-Kwon-Do brasileiro, ganhando o bronze com a atleta Natália Falavigna. Agora é esperar pra ver o desempenho (e incentivo) do nosso país em Londres (olimpíadas 2012).

As meninas do volei.


A primeira medalha no Tae-Kwon-Do do Brasil.

Fato curioso.

Como eu disse anteriormente, o ranking nas olimpíadas, é calculado com o total de medalhas de ouro. Na China e no resto do mundo é assim. Um grande amigo chamado Josias, me informou que no site de um dos jornais mais lidos no mundo,o New York Times, o quadro de medalha foi alterado, colocando o EUA (com um total de 110 medalhas, sendo 36 de ouro, 38 de prata, e 36 de bronze)
em primeiro lugar no quadro de medalha, e a China que só de ouro, conquistou 51 medalhas, 21 de prata, e 28 de bronze, dando um total de 110 medalhas, em segundo lugar no ranking. Até nisso os americanos querem levar a melhor. As favas com o espírito esportivo não é?

O quadro de medalhas, segundo o Jornal New York Times.

Até semana que vem!!

3 comentários:

Marina disse...

Meu Deus, que post giganteeesco.
Mas enfim, tu já viu como as crianças chinesas são treinadas? fiquei até com vergonha!

..e no fim, Brasil, em que colocação mesmo? Vergonhoso.

;* Xu

Virgínea disse...

cara, não tem comparação no empenho de alguns países com o brasil. Brasil parece que tava treinando pra disputar escolinhas interestaduais, só pode. Não tem condiçao uma colocação tão ruim assim numa olimpiada. que saber? melhor nem ter ido. Deisxou a desejar.

Beijo. Gostei do post.

Camila Fernandes disse...

E o que a televisão não nos mostrou, e o espírito esportivo? As coisas mais importantes são propositalmente esquecidas quando se trata do "status social", que nada vale.
Adorei o blog, parabéns!

Bjs""