23 maio 2010

Campanha "Dê Fone a Quem Tem Fome"

O prazer que a música nos dá, deve ser desfrutado por todos. Entretanto, em certos locais, deve ser aproveitado em particular. “Dê Fone a Quem Tem Fome (de música)”, consiste na doação de fones que funcionam, mas que não tem mais utilidade pra você, a pessoas que não tem. Qual o porquê dessa campanha?

Sábado, dia 21 de maio de 2010. São 11h00 da manhã, e estou dentro de um ônibus da linha 1207 B, indo para a faculdade. Se já não bastasse ir à faculdade em um sábado de manhã, outra coisa me aborrecia. Sentei-me no penúltimo banco do coletivo e, logo atrás, tinha um rapaz ouvindo música (algo que posso descrever como um “Calypso” misturado com “Toninho e Seus Teclados”), sem fone de ouvidos, e com uma altura considerável. Eu, com meu aparelho, e usando fone de ouvidos, mesmo aumentando o volume ao máximo, ainda conseguia ouvir o rádio atrás de mim. O sujeito inconveniente (ou até mesmo sem educação) desceu no ponto que fica no cruzamento da Av. Amazonas com Av. Barbacena, no bairro Santo Agostinho. Entretanto, mesmo com o sujeito fora do ônibus, ainda assim ouvia-se uma música dentro do veículo. Era outra pessoa, na mesma situação: ouvindo música sem fone de ouvido, com o volume alto.

Doando fones a quem não tem (seja em ônibus ou em via pública mesmo), a cidadania será exercida, uma vez que a prática incentiva o respeito ao espaço público, colaborando assim para a boa convivência entre as pessoas.


Assistam o vídeo a seguir e fiquem à vontade para refletirem sobre isso


5 comentários:

Anônimo disse...

Fala sério, ninguém merece esse tipo de gente...pior é quando ta tocando um pancadão, ai dá vontade de jogar o telefone pra fora do ônibus.
É, as pessoas não tem mais noção nenhuma.

Por isso eu apoio a campanha "Dê Fone a Quem Tem Fome"!
:)

Bjoooo

Pri Pink Frog disse...

Pois é,já passei por isso várias vezes.Na primeira vez o cara tava escutando rap,não tenho nada contra, mas reclamei,só que pra me encher mais ainda,tinha uma bocó duma mulher no bus que ao invés de reclamar com ele também,veio me xingar por eu ter pedido pra ele abaixar...Aí teve um outro dia q peguei esse mesmo bus,esse mesmo cara tava lá escutando a mesma merda,só que dessa vez o ônibus tava mega lotado,um monte de gente reclamou,ele nem ligou e desceu no ponto dele.Tempos depois um dia aconteceu a mesma coisa num outro bus que peguei,só que dessa vez era um molequinho de no máximo uns 11 anos,sabe o que eu fiz?Dessa vez eu peguei o meu cel,liguei num Beatles bem alto,e deixei junto... hehehe. Agora,pior que isso foi o que me aconteceu essa semana! Entraram dois pseudo punks no bus, enquando eu ia pra facul,depois de ter ralado a manhã toda e tá cansada,escorei no vidro,doida pra dar uma descansada,e entram esses imbecis com um violão,e um começa a tocar,enquanto o outro tomava cachaça e pensava que cantava.Pedi pra desconfiarem,e eles começaram a me ofender,falando que meu namorado tinha brigado comigo,por isso eu estava descontando neles,e enquanto isso tinha alguma imbecil lá na frente falando "pode tocar"... é por isso que tem hora que apoio quem diz que esse país é uma bosta!!! Duvido que esse tipo de coisa acontece lá fora...

Pedro disse...

huahua cara, isso acontece pq esses filhos duma puta roubam ou compram celular roubado, e aí vem sem fone... bando de favelado do caralho.
hauhau da vontade de chutar todos eles.. e nao é especulacao nao! é só ver o nivel das musicas que eles escutam!

Jessika Viveiros disse...

Sacanagem... às vezes o rapaz queria que você escutasse uma boa música. Eu por exemplo adoro escutar Luiz Caldas sem fone, para que todos saibam que eu tenho bom gosto musical! huhhuhu

Zuando... Mas é verdade, sem fone não dá! =)

Ana Luiza Gonçalves. disse...

Isso está entre as 10 coisas que mais odeio na vida!